Capela de Santo Amaro

Dada a sua história e a sua ligação secular aos trâmites da Igreja, na atualidade, as principais atrações da freguesia de Monte Redondo, continuam ligadas à religião cristã e às suas práticas.

Logo no início do ano, a 15 de Janeiro, começam as afamadas festas de Santo Amaro. Possuidor de uma capela em sua honra, na qual todos os anos, de forma repetida, se comemoram os rituais de culto a Santo Amaro, Senhora da Cabeça e São Brás, as festas de Santo Amaro são conhecidas em todo o concelho de Arcos de Valdevez, sendo a época do ano que mais visitantes traz à freguesia.

Para além da missa e da procissão, que é o que mais devotos atrai, estas romarias possuem outros motivos de interesse, como a atuação da banda de música de Arcos de Valdevez, a alvorada de bombos e os conjuntos de música popular que alegram as tardes de festa. Mas, nem só por estes motivos se visita Santo Amaro, muitos procuram estas romarias para provar o bom vinho branco (verde) das castas de Monte Redondo e responder à tradição, degustando-o juntamente com figos secos e doces tradicionais que tão bem se vendem nestas festas.

No mês de Agosto, para comemoração do Verão e aproveitando a visita dos emigrantes que regressam à sua terra Natal por esta altura, comemoram-se as celebrações da Festa de Nossa Senhora de Fátima, junto à Igreja Paroquial de Monte Redondo. Nesta romaria, para além do tradicional conjunto de música popular, que todos os anos compõe os serões da festa, tem havido também concentração motard, potenciando o convívio e aumentando o número de visitantes à freguesia.