Graças à tradição e aos costumes seculares, Monte Redondo é conhecido pelas suas vastas hortas que, muito devido às caraterísticas do seu micro-clima, produzem produtos hortícolas de excelência, reconhecidos pela sua cor, textura e sabor.

Um bom exemplo de um dos produtos mais procurados da região, é o Grelo que, em épocas de frio e humidade, nasce neste território como em nenhuma outra terra nas redondezas. A sua procura intensifica-se na época do Natal e muitos dos comerciantes existentes na sede do Concelho, preferem o Grelo de Monte Redondo a todos os outros, devido à sua fama e boa reputação, que constituiem a preferência da grande maioria dos consumidores.

O vinho, igualmente devido às caraterísticas geomorfológicas e climatéricas do território, mas também fruto da sabedoria que se alastra ao longo de gerações, é outro dos produtos de qualidade e reconhecimento da freguesia, que se produz em grandes quantidades e uma ótima fonte de negócio para muitos dos nossos habitantes.

Paralelamente, a prática e a tradição da matança do porco, ainda se assiste nos dias de hoje e, por consequência, o fumeiro e os bons enchidos dele resultantes, são outra das mais-valias que existe em visitar Monte Redondo e conhecer a nossa gente.

Na atualidade, Monte Redondo necessita de dinâmica, pessoas capazes de explorar as suas potencialidades que, infelizmente, estão subaproveitadas e precisam de ser reavivadas. Contamos, para tal, que os acessos à freguesia venham a ser melhorados, conforme a vontade da Junta de Freguesia e que essa melhoria de infra-estruturas possa, de algum modo, atrair novos visitantes e investidores à nossa terra, por forma a garantir a continuidade do nosso nome e das nossas tradições.